BLOG

Wake Up – a personalidade nos animais

Ainda sobre o Sentimento nos Animais, dos assuntos que mais me seduz e me causa muito interesse; a Personalidade dos Animais está entre as cinco melhores, além de muito interessante, um assunto super divertido.

Nossa capacidade de reconhecimento diante um espelho é a base da existência do Teatro e, talvez, das Artes. Em algum momento da nossa evolução recente – 80 mil anos para cá – passamos a nos reconhecer numa imagem refletida. Pesquisas mais recentes já argumentam que esta capacidade não é apenas humana, pássaros reagem a tal estímulo. E isso nos deu uma capacidade de nos reconhecer no outro. Eu me emociono com sua emoção, dramaturgos dominam essa arte. Isso também nos levou ao Antropomorfismo. Hoje nos reconhecemos nos gestos e linguagens dos animais Humanos e Não-Humanos. (Adorei essa sacada)


Direto ao ponto: Animais Tem Personalidade.
Tem tanta personalidade que damos nomes a eles devido às suas características. Aparecido, meu parceiro canino tem fome galáctica e sua capacidade de concentração diante da comida beira um fluxo de atenção de um monge tibetano. Ele aparece no momento presente diante de um biscoito.
Meu cavalo Dueto evitava brigas, passava ao lado de um barraco na manada, protegia-se no intuito de não receber destroços da confusão. Pouquíssimo curioso, adorava capim gordura onde lançava bocadas sem diminuir seu trote em direção à Aparecida do Norte.


Trabalho com dezenas de cavalos fazendo diagnósticos de seus comportamentos. São, as vezes, dezenas num mês. Cada um tem uma personalidade única. O desatento é aquele cara cuja dispersão supera sua capacidade de comunicação, tá imerso no desejo de fugir. O curioso fuça seus bolsos, procura comida na sua mão, te olha nos olhos perguntando por novidades. O gênio pode aprender xadrez em poucos dias, são tão inteligentes que passam a domesticar seus donos, ele bate a pata no chão pro seu dono trazer cenoura, obriga o tratador mudar o ritmo do trabalho, inferniza a vida do treinador, aprendem coisas maravilhosas de uma forma rápida, assim como aprendem coisas péssimas com a mesma habilidade.


Posso passar dias narrando o quanto estes animais possuem comportamentos Intencionais, de como são Indivíduos Únicos de Personalidade Única. Todos sabemos disso, todos sentimos isso, todos vemos isso e comprovamos estes aspectos; porém, em algum lugar da nossa formação ocidental, cartesiana, escolar, fomos obrigados a considerar que estes mesmo parceiros de vida, colegas e amigos não-humanos, estão a nosso serviço. E todos sabemos, também, que isso é um erro.
Fica a dica Wake Up!


blog

Veja também

Contato

Erro: Campos obrigatórios
Informações de contato


WhatsApp: (19) 9 7100 7991
E-mail: darkomago@gmail.com